Trajetória

Nascido em 26 de maio de 1969, Marco Prisco Caldas Machado, 46 anos, o deputado estadual soldado Prisco, entrou para o Exército do Brasil aos 18 anos, em 1988.

Aos 28, em 1997, ingressou na Polícia Militar do Estado da Bahia. Dois anos depois, aos 30, integrou o quadro do Corpo de Bombeiros. Em 2001, liderou o primeiro movimento reivindicatório de militares baianos em busca de melhores condições de trabalho para os servidores estaduais e mais segurança para os baianos. Foi demitido arbitrariamente.

No ano de 2005, foi um dos sócios fundadores da Associação Nacional dos Praças Policiais e Bombeiros (Anaspra). Nos anos seguintes, de 2007 à 2009, participou do movimento reivindicatório Polícia Legal, exigindo condições dignas de ofício para a PMBA.

Esposo de Patrícia Pereira e pai de Lucas e Rebeca, o soldado Prisco, em 2012, se candidatou a vereador pelo PSDB e foi eleito à integrante da Câmara Municipal de Salvador com 14.820 votos. O quarto mais votado da capital baiana. Já em 15 de abril de 2014 participou do último movimento reivindicatório da policia militar baiana por mais segurança aos baianos.

Candidatou-se ao cargo de deputado estadual, em 2014, quando foi eleito o terceiro parlamentar mais votado, com 108.041 votos. Em 2015, após treze anos de luta, por decisão judicial, soldado Prisco teve ganha última vitória de ação contra o Governo, determinando que o Estado o reintegre aos quadros do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar da Bahia.

Soldado Prisco escolheu a cidade de Santo Antônio de Jesus, há seis anos, para firmar moradia com seus familiares por ter encontrado no município a tranquilidade da vida interiorana aliada ao povo alegre e acolhedor.