29 de abril de 2016

Prisco quer tratamento igualitário do Governo do Estado

“O Governo do Estado só aceita negociar com os militantes da situação”.

A declaração é do deputado estadual soldado Prisco, durante discurso indignado em sessão plenária da última quarta-feira (28/04), na Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (Alba), onde reivindicou tratamento igualitário aos concursados da Polícia Civil, aos militares que ainda não tiveram acordo do movimento reivindicatório cumprido e aos excedentes e concursados agentes penitenciários e quanto ao reajuste dos servidores públicos do Estado da Bahia.

O parlamentar recebeu com indignação a notícia de que o Governo se comprometeu com o MST, embora se recuse, taxativamente, a resolver os problemas dos concursados e servidores da área de segurança pública. “Acho que ele tem que tem que cuidar dos interesses dos integrantes do MST, mas deve fazer o mesmo com os concursados e servidores públicos da Bahia”, reclamou.

Acompanhe o vídeo👇🏾

Share this:

Add Comment